Ferrari escorrega… Denovo!

Plena quinta-feira e eu comentando assunto de domingo…  Pensava já tinha postado sobre o Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1, mas me fugiu.

Não pretendo comentar todas as corridas, estou apenas torcendo pelo brasileiro Felipe Massa, que tem uma Ferrari na mão, o carro, pelo visto não a equipe, e não tem o Schumacher pra atrapalhar. Não na pista.

O GP do Canadá foi bastante interessante. O próprio Felipe Massa adiantou à Tv Globo que seria “uma corrida maluca”. E quase que era mesmo.

Dobradinha da BMW! Lindo isso. Eu torço pela BMW. Ando meio ferido, preferia que comprando a Sauber, ficassem com o Felipe, e o diretor de design, Chris Bangle, também luta pra que eu mude meu gosto. Robert Kubica (cubtçá) ganhou a prova seguido de Nick Heidfeld, assumindo o campeonato de pilotos e colando a BMW na Ferrari pelo de construtores.

A Fórmula 1 tem sofrido com ataques de mudanças, mas uma eu realmente apoio: O fim do controle de tração. Fundamental, e nesta corrida ficou muito claro, com asfalto se soltando e tudo! Eu lamento são as mudanças futuras, como a volta dos pneus “slick”, já que nunca usaremos estes nas ruas. A principal categoria de automobilismo, cheia de fabricantes de diversas marcas e componentes, tem de instigar o desenvolver de tecnologias, e o encerramento da briga de pneus Michelin x Bridgestone, por exemplo, esfriou isso. Exemplo: O turbo funciona? Funciona. Então sai. Suspensão ativa funcionava? Sim. Então sai. Controle de tração? Claro. Então sai. Agora os pneus???  Falta tanto… O que deveriam fazer era ter o mesmo pneu, como fazem com os motores, já quem ninguém troca de motor nem de pneu por miseráveis 1000 km, muito menos trocar pneus pra cada tipo de condições da pista. WRONG!

Voltando aos escorregões da Ferrari e não da FIA, FOM ou foronfonfon, novamente Felipe Massa é vítima das trapalhadas da equipe! Cadê o Schumacher, o Michael, não estava tentando ajudar?  Está só caindo de superbike?

Felipe Massa cruzou a linha na quinta colocação ultrapassando seu companheiro de Ferrari, o finlandês Kimmi Raikkönen e colando na vice-liderança do campeonato de pilotos com o inglês Lewis Hamilton, este, que causou o incidente mais inusitado desta temporada, perdendo a primeira posição na corrida nos boxes pro Raikkönen e Kubica, não enxergando a luz vermelha de boxes fechados, encheu o bólido da Ferrari.

Rubens Barrichello fez uma boa corrida.

Comenta aí!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: